quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Impostos no AX - Visão geral

O termo Imposto é usado em 10 de 10 conversas sobre ERPs no Brasil, e claro, é foco de preocupações quando se fala de ERPs internacionais.

Tecnicamente falando, os impostos no AX são dividos em 2 classes básicas:
1. Tax
2. TaxWithhold

class Tax
A classe Tax é a base do potente motor de impostos do AX ela é responsável por descobrir que impostos devem ser calculados, trabalhar em cima das bases dos impostos até chegar na base final, que vai ser usada para efetivamente o calculo dos impostos e finalmente e registrar-los contabilmente.
Essa classe é utilizada em todos os lugares do sistema onde se vê Impostos sobre Vendas (Sales Tax), isto é, atua no momento que uma nota fiscal (seja ela se vendas, compras, projetos) é postada no sistema.


class TaxWithhold
Esta classe trabalha no famigerado calculo de impostos retidos no pagamento (seja ele de clientes ou fornecedores). Diferente dos impostos sobre vendas, os impostos aqui são calculados com base em um único grupo de impostos e não a interseção (união de 2 grupos) de grupos de impostos. A classe cumpre a tarefa de descobrir a base do imposto, calculá-la e registra-la contabilmente.
Um detalhe importante é que diferente da classe Tax. a classe TaxWithhold não é uma super classe totalmente genérica, criada para a retenção de impostos (ou um único imposto) no pagamento a fornecedores para a Itália, foi estendida para o Brasil para também tratar pagamentos recebidos de clientes, para isso, temos a classe:
TaxWithhold_CustPaym extends TaxWithhold, onde os métodos mais importantes da classe TaxWithhold são sobrescritos para tratar os impostos com base na tabela CustTrans e não VendTrans.

Histórico sobre retenção no pagamento:
Criada pela lei 10.833 de 2003 que diz que para uma serie de serviços, quem contrata o serviço é obrigado a reter, no ato do pagamento (e não do faturamento) o imposto, com o detalhe que ele so começa a ser retido após após o pagamento a partir 5000,00 e pior ainda, cumulativo, isto é, para um pagamento de 3000,00, não há impostos, para outro pagamento, no mesmo mes de 3000,00, deve ser retido os impostos com base em 6000,00 e a partir daí, todos os pagamentos devem ter o imposto retido.

12 comentários:

Fraga disse...

Muito bom, porém, só pra constar - o Dynamics AX calcula errado a retenção de impostos na hora do pagamento (contas receber/pagar > diários > pagamentos)

Abraços

Matiazo disse...

Com o feature pack da localização lançado pela Microsoft em setembro ou outubro, esse problema foi corrigido.

Moderador disse...

Estou tentando que o Dynamics realize a retenção de impostos no contas a pagar mas não funciona. Fiz todas as parametrizações na contabilidade e no cadastro de fornecedores, mas no momento do pagamento o valor de imposto retido fica igual a zero, assim como a base de cálculo. Alguém sabe o que pode estar errado?

Matiazo disse...

tente utilizar um item tipo Service no pedido de compra ou usar a nota fiscal de fornecedor utilizando a opção serviço na aba informações fiscais.

Cunha disse...

Matiaso, consegui fazer a retenção utilizando um item tipo serviço. Outra dúvida: as retenções de impostos que devem ser feitas no recebimento, como IR e INSS, também são feitas no Dynamics? Tudo que consegui ler refere-se à retenção de impostos no pagamento (COFINS, PIS, CSLL). Muito obrigado pela ajuda.

Matiazo disse...

ola cunha, caso a base dos irrf e iss seja o valor dos serviços (como eu acho que é) basta configura-los no form Retenção de Impostos e configurar a conta de impostos a apgar corretamente.

continue de olho no blog

abs

Cunha disse...

Mataiazo, muito obrigado pela dica, funcionou, apenas tive que cadastrar as alíquotas com valor negativo para que o valor seja diminuído do total a pagar.

Matiazo disse...

Cunha, a principio o sistema não foi desenvolvido para ter aliquotas negativas (nem é necessário)

Vou fazer um post detalhado sobre as diferenças entre um e outro, aguarde!!!

Fernando Elias disse...

Muito boas as informacoes postadas aqui. Estou comecando no mundo do Dynamics AX e so com as informacoes deste blog ja sanou muitas duvidas que eu tinha. Agora continuo com duvidas a respeito do Product Builder. Alguem ja trabalhou com ele ??

Abracos

Matiazo disse...

Eu ja gasteio um tempo estudando e configurando, mas foi em 2005/06.

Ele é um modulo para configuração de produtos em que as variaveis de configuração são complexas em tal modo que não é possivel configurar todas as possibilidades de antemão. ele faz isso para você, mas exige um certo trabalho de configuração e principalmente do problema que quer resolver com ele.

Caso tenha alguma dúvida, é so postar um comment!

Fernando Elias disse...

Matiazo, so para entender o product builder ele e somente para produtos que seram fabricados sob encomenda e nao sao descritos no estoque? O problema que tenho e que com as possibilidades de cor e tipo de um mesmo produtos as combinacoes de dimensoes formam uma lista muito grande (216 opcoes mais ou menos). Estive tentando usar agora um BOM configurado so que isso nao e apresentado nas ordens de compra ou venda. Existe alguma outra maneira de cadastrar produtos com tantas possibilidade e que mantenha somente um produto "default" na lista de estoque ? Desde de ja agradeco sua atencao

Mheydi disse...

Ola a todos, sou novo no desevolvimento do Dynamics Ax e preciso da maior ajuda possivel, bom criei um campo na Purchtable de impostos retidos(Taxwithholdgroupheading) e criei tb o mesmo campo na linha do diario de pagamento(LedgerJournalTransVendPaym) e quero que o imposto da ordem de compra va automatico para a tela da linha do diario de pagamento.
Obrigado por enquanto